Friboi tem primeira mulher operadora de sala de máquinas

O fato de as mulheres terem que batalhar para conquistar o mesmo respeito que os homens no mercado de trabalho já deixaram de ser novidade, mas é preciso continuar comemorando cada espaço aberto por pioneiras, para que mais mulheres se inspirem e tenham coragem para desbravar cada vez mais.

Um exemplo desse pioneirismo vem de Roseli Ferreira da Silva, operadora da sala de máquinas da unidade da JBS em Diamantino (MT), e a primeira e única mulher a ocupar essa posição na divisão da Friboi. Esse é um setor predominantemente ocupado por homens, ou era, até ser conquistado por Roseli, e é onde se opera a sala de máquinas de refrigeração, controlando o funcionamento de equipamentos, temperatura e indicadores de pressão. É um setor primordial para a operação da fábrica.

“Comecei na Companhia em 2014, no setor de desossa, e ao circular pela fábrica ficava encantada com a sala de máquinas e com a caldeira, mas não imaginava que pudesse trabalhar nesses setores. Foi o primeiro emprego que assinou minha carteira de trabalho”, lembrou Roseli.

Constantemente, a JBS oferece cursos de formação e aprimoramento aos seus colaboradores. “Certo dia a empresa comunicou que ofertaria um curso de NR-13, que é um dos requisitos básicos para a função. Senti vontade de me inscrever, fui desencorajada por algumas pessoas, mas um dos profissionais mais experientes dessa área dentro da Companhia me apoiou, e ressaltou que fazia questão que mais mulheres se interessassem pelo assunto”, contou.

A trajetória não foi fácil. Além do preconceito de pessoas do sexo oposto, Roseli teve que superar seus próprios medos e angústias. “Sempre fui tímida e muitas vezes não me achei merecedora de estar ali, mas minha vontade de vencer era maior. Contei com o apoio de uma professora do curso e de colegas do RH da empresa, que a todo momento me incentivaram. Após o curso, no estágio obrigatório, em três meses eu já sabia operar toda a sala de máquinas, algo que antes até eu duvidava. Sou muito grata à JBS por todas as oportunidades que tive, e agora quero continuar estudando e crescendo”, finalizou.